Conheça nosso trabalho!

Não há dados precisos sobre o número de catadores ou sobre a renda gerada por esta atividade no Brasil. A partir da análise de diversas fontes de dados, estimou-se a existência entre 400 mil e 600 mil catadores em todo o território nacional, sendo cerca de 10% organizados em associações ou cooperativas.

A organização do trabalho em cooperativa tem o objetivo de melhorar as condições de

trabalho e aumentar a renda a partir do ganho em escala e de melhores negociações com

compradores de materiais. No entanto, a viabilidade financeira continua sendo um grande desafio no dia a dia dos catadores devido a diversos fatores internos e externos.

Houveram diversas conquistas nas últimas décadas no campo das políticas públicas voltadas

para a inclusão social dos catadores. Nesse sentido, podemos ressaltar a Política Nacional de

Resíduos Sólidos (PNRS), aprovada e regulamentada em 2010, que estabelece o conceito da

responsabilidade compartilhada dos geradores e a prioridade de inclusão dos catadores nos

sistemas de logística reversa de embalagens, o que abre muitas oportunidades de prestação

de serviços para o aumento da sustentabilidade financeira das cooperativas.

Tendo em vista tanto os desafios como as oportunidades para os catadores nesse novo

cenário, percebe-se a necessidade, de capacitar cooperativas para atingir um novo

patamar de profissionalização, preparando-as para as oportunidades de mercado.

 

O Projeto surge para criar ações estratégicas junto com as cooperativas de enfrentamento a essa nova realidade, fortalecendo, ampliando ou implantando a gestão humanizada dentro dessas organizações e em conjunto desenvolvendo ações de Segurança do Trabalho e Consciência Alimentar, com o objetivo de melhorar a alimentação através da criação de hortas.

Objetivos Do Projeto

OBJETIVO GERAL 

Ressignificar a relação das cooperativas de catadores com o meio onde estão inseridas através da promoção da gestão humanizada dentro das organizações.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS 


•  Aumentar a sustentabilidade financeira das cooperativas; 
•  Melhorar os processos de gestão administrativa; 
•  Reduzir riscos e a ocorrência de acidentes de trabalho entre os cooperados; 
•  Reduzir danos ligados à saúde, alimentação e qualidade de vida dos catadores. 

O Projeto trabalha com foco em 3 eixos:

1 - Segurança Do Trabalho

Este eixo tem o objetivo de preservar a saúde e integridade física dos catadores através da implementação de controles e processos de segurança do trabalho junto às cooperativas apoiadas. Para isso, são realizadas ações de conscientização e sensibilização dos cooperados, além de assessorias técnicas específicas de um técnico de segurança no trabalho. A segurança do trabalho é um tema importante ainda para assegurar a prevenção de acidentes e o cuidado com os bens patrimoniais.  

2 - Gestão Administrativa

O eixo de gestão administrativa tem o objetivo de melhorar os processos internos de gestão, visando aumentar a sustentabilidade financeira da organização. Este eixo norteia suas atividades a partir da implementação dos módulos de um software de gestão, facilitando a realização de controles e profissionalizando a gestão da cooperativa.  
A formação neste eixo envolve ainda a mudança de cultura da gestão e a conscientização das lideranças sobre a importância da transparência nos controles e na tomada de decisões da diretoria.

3 - Consciência Alimentar

As ações deste eixo visam promover o aumento da consciência dos catadores sobre o impacto da alimentação na saúde e bem-estar através da implementação de hortas. Além de impactar diretamente na alimentação dos catadores, a implementação de hortas nas cooperativas promove a melhoria dos relacionamentos interpessoais, aumenta o senso de pertencimento das pessoas em relação à organização, gera uma mudança no comportamento dos cooperados, aumentando o cuidado com o espaço, e ainda contribui com a melhoria da imagem da cooperativa na comunidade onde está inserida – muitas vezes, elas são vistas como um espaço de acúmulo de “lixo” e, com a implementação da horta em lugares estratégicos, a comunidade passa a entender que o espaço é um ambiente vivo e atrativo para receber visitas de cidadãos, escolas e empresas. 

Copyright © Associação Reciclázaro, Todos os Direitos Reservados